"A descoberta consiste em ver
o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou." - A. Szent-Gyorgyi


codigo aqui

14/07/2012

Desafios enfrentados pelo Programa Espacial Brasileiro

O programa brasileiro de pesquisas espaciais surgiu em agosto de 1961, e já estava operante enquanto E.U.A e URSS disputavam tecnologia na exploração espacial, porém, ao contrário das superpotência que tinham motivação militar e investimentos pesados, o Brasil tinha como foco missões com foguetes pequenos para sondas científicas, e não passou disso.

Atualmente países emergentes também estão entrando no mercado aeroespacial, antes basicamente dominado por Rússia, Estados Unidos e países europeus. O Brasil por exemplo, ganhou mais espaço depois do fechamento de parceria com a China, em 1988, depois disso, lançou três satélites - 1999, 2003 e 2007.
  • Linha do tempo das atividades astronáuticas brasileiras - [clique aqui]
Segundo Carlos Alberto Gurgel Veras, professor de engenharia mecânica da UnB, o Brasil está lançando satélites comerciais em órbitas mais baixas, com a capacidade de lançar sete satélites por ano, no máximo, sem condições de fazer o lançamento de satélites muito grandes.

Artigo - Programa espacial brasileiro evolui com lançamentos de satélites

Na reportagem abaixo, mais informações sobre as tentativas do Brasil em ter sucesso com o programa espacial são apresentadas - Confira: