"A descoberta consiste em ver
o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou." - A. Szent-Gyorgyi


codigo aqui

11/03/2012

Catástrofe - Tempestade solar pode acabar com a eletricidade na Terra

Tempestades solares atingem a Terra todos os anos, em muitos casos, sem representar riscos. São elas as responsáveis pelo fenômeno conhecido como Aurora boreal, um lindo espetáculo da natureza, que tem origem no caos.

Além de Auroras boreais, tempestades solares nos trazem consequências. Dependendo de sua intensidade, redes elétricas e tudo que funciona com eletricidade pode vir a deixar de funcionar.

Uma explosão na superfície do Sol com 100 milhões de vezes mais energia que todo o aparato nuclear já desenvolvido pelo homem, com destino à Terra. Assim são tempestades solares, bilhões de toneladas de material solar disparados no espaço carregados eletricamente.

No dia 8 de março cientistas da Nasa anunciaram a maior tempestade solar dos últimos seis anos, na qual a radiação solar atingiu o campo magnético terrestre, com possível impacto sobre o tráfego aéreo, Satélites, astronautas em caminhadas espaciais e redes elétricas - Fonte - nada de muito grave foi registrado.

O vídeo abaixo é de uma reportagem de janeiro de 2012, anunciando uma tempestade solar naquele mês e suas consequências - Confira:


Uma catástrofe global causada por erupções solares mais intensas é uma questão de tempo. Caso aconteça, seríamos privados de tudo que opera com eletricidade.

Cientistas afirmam que o Sol está em uma fase de atividade ascendente no seu ciclo, e o pico está previsto para 2012. Pensando nisso, a Nasa lançou em outubro e 2006 o satélite duplo STEREO, para o monitoramento de atividades solares e possíveis prevenções.

Documentário completo do History Channel sobre tempestades solares - Confira: