"A descoberta consiste em ver
o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou." - A. Szent-Gyorgyi


codigo aqui

29/11/2011

Robô Curiosity parte rumo a Marte para investigar vestígios de vida

No dia 26 de novembro de 2011, o explorador espacial norte-americano Curiosity foi lançado da base aérea do Cabo Canaveral - Flórida. Em uma viagem de nove meses, o equipamento de 2 bilhões de dólares, e o mais sofisticado mandado em missão, chegará ao planeta vermelho em agosto de 2012.

A missão tem como foco a procura por carbono, umas das bases para o surgimento de vida. Missões anteriores apresentaram indícios da presença de água, suspeita confirmada pela sonda Phoenix em 2008.

Agora é preciso confirmar a existência de outros compostos orgânicos que favoreceriam o surgimento de vida no planeta, ou que dariam condições para sustentá-la.

Diferente de missões anteriores, o Curiosity é movido a energia nuclear, o que fará com que ele possa explorar Marte 24 horas por dia, sem precisar diminuir o ritmo durante o inverno, que afeta a geração de energia pelos painéis solares dos outros robôs - Spirit e Opportunity.

Artigos relacionados:
O equipamento conta também com um canhão laser para vaporizar rochas, o primeiro com essa tecnologia até então.
  • O pouso em detalhes / Animação - Vídeo
O local de pouso, conhecido como : "cratera Gale", tem uma formação parecida com o leito seco de um rio, mostrando materiais que podem ter sido depositados por água corrente. No centro da cratera existe uma formação incomum, uma montanha, que contêm argila e sulfato, dois materiais que se formam na presença de água - Confira:

Não existem mais dúvidas sobre a existência de água corrente na história de Marte, o que ainda não se sabe é "Quando" e "Por quanto tempo".