"A descoberta consiste em ver
o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou." - A. Szent-Gyorgyi


codigo aqui

04/09/2011

Cratera em Marte pode ter sido preenchida por lago

Identificadas pela sonda Mars Express, da Agência Espacial Europeia, fotografias indicam indícios de que em Marte já houve água em seu estado liquido, fluindo em rios. Na área visível nas imagens se conservam os restos do que durante algum tempo foi "um grande delta, sulcado por múltiplos braços fluviais" em uma cratera.

A cratera foi formada há 3,7 bilhões de anos por um asteroide, e é conhecida pelos cientistas como Eberswalde. O delta tinha 115 quilômetros quadrados de superfície e era alimentado por rios. Na imagem abaixo, Eberswalde, a cratera marciana – aparece como um semicírculo (menor, à direita da foto) - Imagem:
Um impacto posterior formou a cratera Holden, de 140 quilômetros de diâmetro. Ela pode ser vista à esquerda na imagem e também teria abrigado água líquida, algo indicado pela diversidade de minerais e diferentes estruturas que apresenta.

A estrutura foi identificado pela primeira vez pela Nasa, a partir de imagens feitas pela sonda Mars Global Surveyor

Outras crateras, com as mesmas características da Eberswalde são alvo de cobiça científica. No vídeo que se segue, a sonda Oportunity percorre 21 Km para analisar rochas da cratera Endeavour. Seu destino foi alcançado em 9 de Agosto de 2011 - Confira:
Segundos cientistas, as observações e medidas realizadas pelas naves americanas enviadas a Marte permitem trabalhar a possibilidade de que as rochas dessas crateras passam ser de um período histórico de Marte talvez mais favorável à existência de vida microbiana.