"A descoberta consiste em ver
o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou." - A. Szent-Gyorgyi


codigo aqui

06/03/2011

Astrobiólogo da Nasa encontra evidência extraterrestre em meteorito

Richard Hoover, astrobiólogo da Nasa, descobriu evidências de microfósseis semelhantes à cianobactérias em uma classe extremamente rara de meteoriotos, o CI1 - encontrado em áreas remotas do planeta, como Antártica, Sibéria e Alasca.

"Acredito que esses resultados indicam que a vida não está restrita à Terra, mas é amplamente distribuída, mesmo fora do nosso sistema solar", afirmou Hoover.

Segundo o astrobiólogo, a evidência é compatível com as teorias e provas apresentadas pelo famoso astrofísica Fred Hoyle (que cunhou "The Big Bang") e Chandra Wickramasinghe, e que foi detalhado no volume editado apenas a liberação: "O Big Bang Biológico".

A evidência extraterrestre pode permitir a confirmação de que a vida está em todos os lugares no universo, e que, na Terra, pode ter se desenvolvido a partir de corpos vivos vindos de outros planetas. O assunto foi comentado por nós em 2010 com o titulo "A vida pode ter vindo de fora", trabalhando a ideia de que a Terra teria sido "fecundada" pela vida a partir de meteoritos.

Leia o artigo publicado pelo "Journal of Cosmology" traduzido, Clique aqui.

A vida no universo pode ser tão numerosa quanto os grãos de areia em uma praia. A última estimativa indica "500 milhões de planetas com vida apenas na Via Láctea". No decorrer dos anos, novas descobertas foram feitas, deixando de lado a possível solidão cósmica que pensamos enfrentar.

Fonte