"A descoberta consiste em ver
o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou." - A. Szent-Gyorgyi


codigo aqui

10/06/2010

Sedimentos indicam que Marte pode ter abrigado mar

Novas descobertas sempre estão sendo 'geradas' a partir de estudos científdicos liderados por homens que provavelmente serão lembrados por muito tempo. Ainda esta semana publicamos aqui um artigo explicativo sobre a possível descoberta de vida microscopica em uma das luas de Saturno. Hoje escrevemos sobre Marte e seus indicios de que um dia o planeta vermelho foi coberto por água.

Um projeto de mapeamento geológico encontrou depósitos de rocha sedimentar em uma região chamada Hellas Planitia, o que sugere a presença de um oceano naquele local.

A bacia de Hellas é uma cratera de impacto gigante. Com 2.000 km de largura e 8 km de profundidade, é a maior em Marte.

Os dados indicam que um lago teria existido na bacia entre 4,5 bilhões e 3,5 bilhões de anos atrás.

Alguns cientistas acreditam que as condições em Marte eram mais favoráveis para a evolução de vida do que na Terra naquela época. O mapeamento é consistente com estudos anteriores que já indicavam a presença de lagos no passado de Marte.

Segundo os cientistas, uma fina camada de afloramentos na bord leste dae Hellas são depósitos sedimentares, formados pela erosão e transporte de rochas e solo de montanhas marcianas para um contingente de água parada.

A presença de água em Marte já não é novidade para muitos, já que se descobriu que o Planeta contém água em seu estado sólido. Confira!



Abraço pessoal!